16.2.09

quem dera

{:::}

o débito
para sentenças penais
é a lógica policialesca
de ter mais presos do que vaga.
… … … … … …
no sistema penitenciário,
é comum,
encarcerar para punir.
a verba e a vontade política,
é provisória,
no próximo ano muda.
… … … … … …
condenados no mesmo local.


{:::}

fora
da escola publica
garis invisíveis
se possível
pobre, gordo e feio
pra sofrer abuso
esculhambação
e viver um drama seco


{:::}

oponentes desqualificados
algo indesejável
violência
obtenção de objetivos

milhares de crianças na rua.
umas adorariam ser profissionais,
outras só querem brincar.
em casos doentios,
objetivos materiais.


{:::}

quem dera,
a inutilidade dos dias,
o silêncio,
a morte,
a teimosia da vida
ignorando a tristeza.


{:::}

corpo não identificado
é encontrado
com sinais de tortura.
morreu a golpes,
na cabeça
com um instrumento
contundente.


{:::}

foi morta
aos 7
o cão
um rottweiler
não largou
antes de três tiros


{:::}

restos de barracos
após o córrego transbordar
retratam a pobreza
do estado.


{:::}

após cair
da arquibancada
o adolescente morreu.
a queda
foi motivada
pela ação humana

{:::}

alunos perdedores
da escola publica,
dá pra imaginar?
garis invisíveis,
se for possível
pobre, gordo e feio
pra sofrer abuso
esculhambação
e viver um drama seco.


{:::}

na manhã de ontem
um poste caiu
sobre o estudante
que se apoiava
com uma pipa no céu


{:::}

nos dias de visita,
presos, teoricamente isolados,
reformulam a organização,
usam celulares,
procuram ser invisíveis.


{:::}

homem teve
o corpo
queimado
decorrente as graves
queimaduras
não foi difícil
ter falência múltiplas
dos órgãos


{:::}

não perdi a vida,
sai antes da tragédia.
moro na beira do córrego.
quando estrala eu corro,
to treinado.


{:::}

ela chegou
como toda assassina
de cara limpa,
depois de ter
afogado o bebê
no vaso sanitário


{:::}

uma casa pequena,
precária,
sem reboco,
é um bom lugar
para uma família ser feliz.


{:::}

más condições
salas superlotadas
outras interditadas
lixo acumulado no pátio
escola pública
a descrição acima retrata


{:::}

dentro do carro
mulher é atingida
por bala perdida
o tiro foi dado
por um pedestre
que reagiu a um assalto

5 comments:

Anonymous said...

é disso que eu gosto!
raiva.
revolta.
semntimento em palavras

Bruna said...

"na manhã de ontem
um poste caiu
sobre o estudante
que se apoiava
com uma pipa no céu"

que imagem bonita!

Podia o menino estar pendurado na pipa, que estava no céu. Mas o tom jornalístico logo afastou essa hipótese.

Seba said...

Humm...


.... gostei daqui...

Rubens da Cunha said...

vim lá da Ryana, gostei de tua voz.
parabéns

Renata de Aragão Lopes said...

Realidade crua em pedaços.
Gostei muito de como você desenvolve temas de abordagem tão complexa.
Parabéns mesmo!